×

Política Privacidade

A sua privacidade é importante para nós. É política do respeitar a sua privacidade em relação a qualquer informação sua que possamos coletar no site , e outros sites que possuímos e operamos. Solicitamos informações pessoais apenas quando realmente precisamos delas para lhe fornecer um serviço. Fazemo-lo por meios justos e legais, com o seu conhecimento e consentimento. Também informamos por que estamos coletando e como será usado.


Apenas retemos as informações coletadas pelo tempo necessário para fornecer o serviço solicitado. Quando armazenamos dados, protegemos dentro de meios comercialmente aceitáveis ??para evitar perdas e roubos, bem como acesso, divulgação, cópia, uso ou modificação não autorizados.


Você é livre para recusar a nossa solicitação de informações pessoais, entendendo que talvez não possamos fornecer alguns dos serviços desejados.


Não compartilhamos informações de identificação pessoal publicamente ou com terceiros, exceto quando exigido por lei.

Política de Cookies

Como é prática comum em quase todos os sites profissionais, este site usa cookies, que são pequenos arquivos baixados no seu computador, para melhorar sua experiência. Esta página descreve quais informações eles coletam, como as usamos e por que às vezes precisamos armazenar esses cookies. Também compartilharemos como você pode impedir que esses cookies sejam armazenados, no entanto, isso pode fazer o downgrade ou 'quebrar' certos elementos da funcionalidade do site.

Gerenciar preferências de consentimento

Solicitar Orçamento

Conta de luz pode subir mais 9% em 2018

Conta de luz pode subir mais 9% em 2018

CONTA DE LUZ PODE SUBIR MAIS 9% EM 2018


O consumidor residencial brasileiro terá de lidar com dois anos de reajustes na energia bem acima da inflação. As causas são um regime de chuvas insuficiente para compensar períodos de seca e o aumento dos encargos sociais.

Na média, as tarifas devem fechar o ano com alta de 14% e subir 9,4% em 2018. A expectativa é que o IPCA (inflação oficial) fique abaixo de 3% em 2017 e em 4% no ano que vem.

Em algumas regiões, as tarifas podem pesar ainda mais no bolso, segundo levantamento da consultoria especializada TR Soluções.

Na média, a maior alta deve ser registrada na região Sul (+10,7%), seguida pelo Sudeste (+9,3%). Em São Paulo, por exemplo, a conta de luz deve fechar este ano 7% mais cara e subir outros 9,1% em 2018.

A energia elétrica deve também ter um efeito não desprezível de 0,4 ponto percentual sobre a inflação medida pelo IPCA do ano que vem.

A previsão da TR inclui algumas premissas: as diferentes bandeiras esperadas ao longo do ano, os reajustes previstos para as principais distribuidoras e o regime de chuvas para o período.

As projeções são feitas para 13 regiões metropolitanas usadas como referência e que espelham o que ocorre no país.

De janeiro a abril – o período considerado chuvoso-, as principais hidrelétricas brasileiras devem gerar em média o equivalente a 85% da energia que vendem, de acordo com a TR.

Isso significa dizer que, se as chuvas não ajudarem e as geradoras produzirem algo abaixo disso, as tarifas poderão subir ainda mais.

Além do regime de chuvas, os encargos incluídos na tarifa também explicam as previsões pouco animadoras.

A conta que inclui todas as políticas públicas ligadas ao setor, como o programa Luz para Todos e a tarifa social de energia -chamada de CDE-, deve passar de R$ 9,3 bilhões neste ano para R$ 12,6 bilhões em 2018.

Quem paga a fatura – o tema está em audiência pública na Aneel, a agência reguladora- é o consumidor.

Embora concordem que o quadro é dramático, analistas descartam ameaça de racionamento.

Eles dizem que a usina de Belo Monte já opera em ritmo razoável e que o país dispõe de outras fontes de energia.

Uma delas, a energia térmica, mais cara, está entre as justificativas para o encarecimento da conta.

OUTROS RISCOS

O crescimento econômico é outro ponto de atenção para os especialistas.

O consumo total de energia do país está em nível próximo ao registrado em 2014, e o setor se questiona como a demanda deve se comportar em um ambiente de retomada da economia -e seu impacto na tarifa, já que a procura maior por energia a encarece.

A consultoria GV Energy, por exemplo, prevê que a tarifa média de energia suba ao redor de 12% no ano que vem, diante de um volume de chuvas que deve se situar entre 90% e 100% da média histórica até o fim de abril.

Pedro Machado, diretor da GV Energy, diz que o viés é de alta se o crescimento econômico superar 2,6%.

A mediana dos economistas consultados pelo Boletim Focus, do Banco Central, já espera alta de 2,7% para o PIB do ano que vem.

Edvaldo Santana, presidente da Abrace, associação dos grandes consumidores de energia, também se preocupa com o efeito de um possível aumento do consumo de energia sobre preços, em especial para a indústria.

Os principais reservatórios no Nordeste e no Sudeste, ressalta Santana, estão nos níveis mais baixos da história.

Segundo ele, se chover próximo à média de longo prazo, o reajuste pode ficar mais perto de 20%. Para afastar esse cenário, seria preciso chover de 30% a 40% acima da média.

Júlio Mereb, pesquisador do Ibre/FGV, diz que tarifas mais altas podem se refletir em queda da produção da indústria, além de impactar de alguma forma o consumo das famílias no PIB, embora isso seja difícil de mensurar.

Ele diz que é possível um reajuste da tarifa residencial de até 15% no ano que vem.

FONTE: http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2017/12/1945901-conta-de-luz-pode-subir-mais-9-em-2018.shtml

Tags:
Energia Solar em Salvador

Energia Solar em Salvador

Longos dias ensolarados, incentivo do IPTU Amarelo e condições especiais de financiamento fazem da Energia Solar em Salvador uma excelente opção para os consumidores residenciais, comerciais ou industriais que desejam economizar na fatura de energia elétrica, se livrar da inflação energética e receber um desconto de até 10% no IPTU de seu imóvel.

Veja Mais
Trabalhe com Energia Solar na Bahia!

Trabalhe com Energia Solar na Bahia!

Quer atuar no promissor mercado de energia solar fotovoltaica e transformar o mundo através da energia solar? Clique e saiba mais sobre as oportunidade de trabalho como representante comercial na Fóton. Estamos com oportunidades em aberto para você que quer trabalhar com energia fotovoltaica em Salvador e no interior da Bahia.

Veja Mais
Energia Solar na Bahia - Esclareça Suas Dúvidas

Energia Solar na Bahia - Esclareça Suas Dúvidas

Preparamos um roteiro de perguntas frequentes e respostas para você que quer instalar seu sistema de energia solar na Bahia mas ainda precisa tirar algumas dúvidas.

Veja Mais
Perspectivas de inflação para as tarifas de energia elétrica em 2021

Perspectivas de inflação para as tarifas de energia elétrica em 2021

Artigo sobre os impactos da pandemia do novo corona vírus, desvalorização do real e da alta de commodities na inflação da energia elétrica.

Veja Mais